top of page
Buscar
  • lili

O RETORNO DA BICHECTOMIA: OS RISCOS POR TRÁS DO ROSTO ULTRAESCULTURAL

Depois de uma série de celebridades aparecerem misteriosamente "afinadas", a cirurgia de retirada da gordura da bochecha volta aos holofotes.


Bochechas marcadas e contornos definidos: este é o resultado prometido pela bichectomia. O procedimento já é velho conhecido do universo de beauté, mas, depois de ganhar uma série de celebridades hollywoodianas, ele retornou aos holofotes.

Polêmico, o hype levanta questões sobre a real eficácia e segurança dessa intervenção exclusivamente estética. Pelas redes sociais, viralizaram alguns vídeos, por exemplo, de pessoas que se arrependeram, ficaram insatisfeitas ou tiveram danos colaterais indesejados depois da realização da cirurgia – que, vale dizer, é irreversível.

O que é a bichectomia?

A bichectomia é um procedimento simples e rápido que consiste na remoção das bolas de bichat – tecidos de gordura localizados próximos às laterais dos lábios.

“Acredita-se que elas são importantes para os recém-nascidos porque ajudam no movimento de sucção durante a amamentação. Depois, na vida adulta, elas viram um suporte para a mastigação, mas não são essenciais”, explica a dermatologista Paola Pomerantzeff, de São Paulo.

“Com um corte de aproximadamente 1,5cm na mucosa interior da boca, conseguimos esvaziar toda essa gordura”, complementa a cirurgiã plástica Beatriz Lassance, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e da American Society of Plastic Surgery.


Para ver a materia completa clique aqui



10 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page